1873101999412462
 
Buscar
  • Ecojardim

Como montar e cuidar de um jardim de inverno.

Aprenda a montar um jardim de inverno, alternativa para quem não abrem mão do contato com a natureza



Um jardim de inverno nada mais é do que um jardim interno que pode ser feito no seu local de preferência. Na sala de estar, quarto, banheiro ou embaixo da escada, o importante é usar plantas adequadas às condições do ambiente. Ele também pode e deve ser feito de acordo com o seu gosto pessoal, mas é preciso manter alguns fatores em mente. Para ajudar na criação do seu jardim de inverno, aqui estão algumas dicas de como criá-lo, plantas ideais e inspirações de paisagismo.


Jardim de inverno

Assim como na decoração de um ambiente, para montar seu jardim de inverno também segue-se um fluxo de ideias. Esse fluxo é bem simples: primeiro, define-se o lugar do jardim. Segundo, escolhe-se as plantas. Depois, elege-se os móveis e, por fim, os objetos decorativos. Seguir um fluxo ajuda a garantir que as coisas estejam em confluência e que tudo funcione bem, além de tornar o processo organizado.


Dicas

Na hora de criar seu jardim de inverno, é preciso manter algumas coisas em mente. A seguir, sete dicas para te ajudar nesse processo:


Escolha o local ideal

Apesar da flexibilidade do jardim de inverno, é preciso escolher seu local com atenção. Dê preferência para locais com luz natural e que possuam destaque. Afinal, porque colocar seu jardim de inverno onde ele ficará escondido?


Escolha um design

Algo interessante para qualquer ambiente, interno ou externo, é pensar no design de uma forma geral. No caso do jardim de inverno: vai ter um caminho de pedras? Qual a cor? Existe espaço e vontade de se ter uma fonte? Qual estilo dela? Pode ser moderna, barroca, tradicional. A escolha do design faz toda a diferença durante a criação do paisagismo do jardim de inverno, por pré-determinar quais plantas e estilos você vai seguir.

Também é possível fazer mais de um jardim de inverno na sua casa, mas escolha um design central para o de maior destaque e o use como base para os jardins menores.


Opte por portas de vidro

Caso o seu jardim de inverno seja fechado, dê preferência às portas de vidro transparente, para complementar e dar vida ao ambiente.


Acrescente móveis

Se você tiver espaço sobrando no seu jardim de inverno, cogite colocar uma peça de mobiliário, como uma cadeira ou uma mesa de centro que combinem com a decoração do jardim. Elas ajudam a dar um toque visual e incrementar a decoração, assim como fontes, vasos e pedras.


Jardim de inverno pequeno?

Considere um revestimento ou um deck. Estes são duas dicas para quem possui jardim de inverno pequeno. Já que não ocupam espaço extra, mas muitas vezes fazem a diferença em um jardim de inverno. Você pode colocar revestimentos de madeira ou que imita madeira na parede se buscar um jardim com toque rústico. Por outro lado, você pode colocar pedras brancas grandes se a intenção for um jardim mais moderno. O deck também pode dar um toque especial, e hoje em dia é vendido em lojas em uma versão prática para ser montado em casa.


Saiba o que colocar

Jardins internos possuem algumas especificidades: as plantas devem aceitar uma menor luminosidade ou sol direto por poucas horas. Como elas permanecem num ambiente interno, costumam ter pedras ou deck ao invés de grama, o que também facilita o cuidado.


Cuide do seu jardim

Apesar de exigir cuidados menos constantes que um jardim normal, o jardim de inverno precisa do mesmo carinho de um jardim a sol pleno. A rega das plantas deve ser controlada de acordo com as necessidades de cada espécie.

Vez ou outra retire as folhas mortas e murchas, elas vão surgir naturalmente mesmo que você cuide do seu jardim. Você pode também usar fertilizantes para deixar as plantas mais bonitas – lembre-se de atentar às necessidades da espécie para o fertilizante fazer efeito.

Na dúvida de como cuidar da espécie de planta ou qual fertilizante usar, você pode perguntar a um florista ou você pode conferir dicas da espécie de planta em sites.


Plantas para Jardim de Inverno

Antes de decidir quais plantas colocar em seu jardim de inverno, pesquise e descubra os cuidados e necessidades especiais que elas precisam.

Algumas informações importantes: plantas que precisam de sol pleno, necessitam de, no mínimo, 4 horas diárias de sol direto. Plantas que aceitam meia sombra, precisam de luminosidade intensa, mas sem sol direto entre as 10 e 17 horas. Plantas de luz difusa ou sombra, precisam de luz indireta no mínimo 2 horas diárias, sem sol direto. Considere, no momento da escolha, a incidência de luz no espaço do jardim e quais plantas são mais adequadas.


Primeiro grupo

As plantas mais comuns nos jardins de inverno: zamioculca, palmeira ráfis, lança de São Jorge, antúrio, lírio da paz e palmeira areca. Todas aceitam meia sombra, com alturas variando entre 30 centímetros e 3 metros. Fáceis de cuidar, são excelentes opções para interiores. Exceto a palmeira areca, que aceita meia sombra e sol pleno, todas as outras se dão bem com luz difusa e não exigem sol pleno. No caso da palmeira areca, opte pelo porte arbustivo, que cresce até 3 metros, e evite ar condicionado, pois ela gosta de umidade elevada. É importante diferenciar lança de São Jorge da espada de São Jorge: mais curvilínea, a espada pede meia sombra ou sol pleno.


Segundo grupo

Neste grupo estão plantas coloridas para dar um toque de cor ao seu jardim: begônia, violeta, amor perfeito, boca de leão, calêndula e angélica. São plantas que não toleram sol pleno, ao contrário das outras: precisam de pelo menos 4 horas de sol. Essas flores são coloridas, não precisam de um cuidado muito constante e são pequenas, variando entre 30 e 60 centímetros.


Terceiro grupo

Aqui temos plantas sem flores para complementar seu jardim de inverno: babosa de pau, jiboia, rosa de pedra, licuala, mini cactos e pleomele. Todas aceitam meia sombra, algumas aceitam luz difusa/sombra (jiboia e pleomele) e outras aceitam sol pleno (jiboia, rosa pedra, licuada, pleomele). No caso da pleomele, opte por não variegadas, que costumam ser mais resistentes à baixa luminosidade. Essas são plantas consideradas purificadoras do ar no caso de interiores, pois ajudam a eliminar várias toxinas do ar.

Existem várias outras espécies de plantas recomendadas para interiores, como: samambaias, pau d’água, palmeira chamaedórea, singônio, bromélia, comigo-ninguém-pode e filodendro cascata, por exemplo. Lembre-se sempre de conferir as necessidades da planta e os cuidados básicos.


Espero que vocês tenham gostado das dicas para montagem de jardim de inverno! Eles são muito lindos e fazem toda a diferença em um interior. Além disso, acrescentam vida a espaços internos e podem melhorar a qualidade do ar.

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo