1873101999412462
Buscar
  • Ecojardim

Confira dicas para ter e cuidar de seu jardim!


Deixe sua criatividade aflorar

Se você não dispõe de um espaçoso quintal, os vasos de cerâmica, de barro ou plástico são excelentes opções para começar a jardinagem em casa. Mas atenção: eles não são as únicas possibilidades, viu? É possível improvisar jardineiras com embalagens de plástico, garrafas pet e até com as cascas de algumas frutas, a exemplo da laranja e do maracujá. O importante é não se esquecer de fazer um furinho no fundo, para o excesso de água escorrer livremente.

Escolha o lugar certo

O lugar onde você coloca os vasos com sua futura plantação deve ser escolhido com cuidado. Assim, seja na área de serviço, na cozinha ou na sala, é importante se manter atento a alguns detalhes que podem fazer toda a diferença, observando pelo menos se há ventos suficientemente fortes para machucar as flores no local e se a incidência solar é adequada, já que as plantinhas precisam dos raios solares para fazerem a fotossíntese.

Aproveite o potencial das paredes

Você tem pouco espaço dentro de casa e não sabe bem onde apoiar os recém-chegados vasos? Que tal utilizar as paredes e verticalizar sua plantação? Para isso, utilize pregos e outros tipos de apoio para fixar os recipientes nas paredes. O efeito visual fica ainda mais bonito quando as flores começam a desabrochar!

Use fertilizantes naturais

Para turbinar o crescimento do seu jardim doméstico de uma forma totalmente natural e orgânica, que tal reaproveitar? Folhas de chá acumuladas no fundo da chaleira, que certamente iriam para o lixo, podem ser excelentes fontes de minerais para mudas e plantas já em crescimento. De modo semelhante, cascas de ovos moídas são ótimas fontes de cálcio, podendo potencializar o crescimento de plantas, ervas e flores. Vinho — em pequena quantidade, claro! — e casca de maçã também podem funcionar bem.

Assuma o compromisso com afinco

Lembre-se sempre de um detalhe mais que fundamental: jardinagem requer dedicação constante. Assim, não basta simplesmente enterrar as mudas na terra e esperar que as plantinhas cresçam naturalmente. É preciso gastar um tempo com a rega — nesse caso, a frequência varia de acordo com a demanda de água de cada espécie —, adubar a terra e eventualmente podar os excessos. Esteja preparado para assumir esse compromisso regular!

Faça sua parte na prevenção da dengue

Esse detalhe é essencial: não dê chances para o mosquito da dengue ao misturar um pouco de areia sempre que for colocar um prato embaixo do vaso para conter o excesso de água. Esse simples cuidado pode evitar que aquele recipiente vire um criadouro de mosquitos e ameace a saúde da sua família. É melhor não arriscar, não concorda?

Fonte: https://www.meliuz.com.br/blog/jardinagem-em-casa/


22 visualizações
Contate-nos
arrow&v
Rua Comendador Agostinho Prada, 846
Porto Ferreira/SP 13660-180
19 3589-2148
19 99416-1221
contato@ecojardim.net.br
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: